Saúde e Longevidade

set 3 • Roberto Figueiredo, Slide principal, Textos • 635 Views • Nenhum comentário em Saúde e Longevidade

A Longevidade é a capacidade que algumas pessoas tem de viver mais e melhor. Ou seja, são pessoas que são mais saudáveis do que a maioria das pessoas, dificilmente ficam doentes, e são mais felizes.

E para falarmos deste assunto eu trouxe para vocês o conceito mais moderno de Saúde: Saúde é o estado de mais completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de enfermidade.

Então, quando estamos falando de Longevidade, não estamos falando apenas das pessoas viverem mais. Estamos falando das pessoas viverem bem, com muita vitalidade, disposição, alegria e Saúde até o fim da vida.

E vamos ver um estudo muito interessante feito pelo escritor americano Gene Stone. Ele viajou o mundo todo e descobriu que cinco povos são os mais longevos, ou seja, são mais saudáveis e vivem mais e melhor.

Segundo o pesquisador, essas pessoas vivem em cinco regiões do planeta: a Barbagia, na Itália; Okinawa no Japão; a comunidade dos Adventistas, na Califórnia; a Península de Nicoya, na Costa Rica e a ilha grega de Ikaria.

Vejam: o autor deste estudo, o Gene Stone, perguntou a essas pessoas o que elas faziam para ter tanta Longevidade. E com as respostas ele escreveu um livro: Os Segredos Das Pessoas Que Nunca Ficam Doentes. E ele organizou estes verdadeiros “segredos” em cinco categorias: Alimentação, Atividade Física, Comportamento, Vida Social e Qualidade de Vida.

Seguem abaixo um resumo dos “segredos” para a Saúde e a Longevidade.

Sobre Alimentação o estudo revela algumas dicas:

a) fracionar a dieta: fazer cinco ou seis pequenas refeições ao dia;

b) ingerir menos carnes vermelhas (eu diria até eliminar as carnes vermelhas);

c) investir no Omega3, presente em peixes, linhaça, soja;

d) dar prioridade a alimentos da sua região e da época, pois eles tem menos conservantes e mais nutrientes;

e) temperar a comida com alho, isso diminui o nível de colesterol e a pressão arterial;

f) trocar o café pelo chá verde: estudos mostram que o chá verde atua na prevenção e no tratamento de doenças como Alzheimer e Parkinson;

g) usar soja: o consumo frequente de soja reduz os riscos de doenças cardiovasculares;

h) apostar nos alimentos integrais, pois eles têm mais nutrientes: arroz integral, pão integral, massas integrais;

i) comer mais frutas: elas possuem vitaminas antioxidantes, boas gorduras e mais fibras;

j) comer mais iogurte, seu consumo reforça a imunidade;

k) esquecer do sal;

l) beber bastante água ao longo do dia.

 

Sobre Atividade Física, os “segredos” dos longevos são:

a) cochilar após o almoço: bom para renovar as energias;

b) praticar mais atividades que ampliem a respiração: caminhar, praticar esportes com moderação, dançar;

c) ser mais ativo: um dos segredos da longevidade é encontrar meios de se manter em movimento.

 

Sobre Comportamento, o livro revela:

a) definir seus objetivos: ter propósitos é a razão de viver de alguns povos longevos;

b) ler e estudar sempre: exercitar o cérebro protege contra doenças;

c) investir na sua vocação: fazer o que gosta é uma forma eficiente de afastar o estresse;

d) aprender a planejar e não deixar os compromissos para a última hora, assim evitamos os estresse e a ansiedade;

e) aproveitar o contato com a Natureza, pois é altamente relaxante.

 

Na Vida Social devemos seguir as seguintes dicas reveladas pelo estudo:

a) cultivar a fé;

b) curtir os animais: para alguns idosos isso reduz o uso de medicamentos;

c) encontrar a sua tribo: pessoas com quem compartilhar interesses em comum;

d) perdoar mais;

e) priorizar e ter tempo para as pessoas amadas;

f) ser agradável: facilita a convivência social e cria vínculos;

g) ser voluntário;

h) ter atitudes positivas;

i) brincar com crianças: bom para tirar o foco das preocupações;

j) celebrar a vida: este é o segredo dos italianos;

k) criar um tempo para a família e para os amigos.

 

Sobre Qualidade de Vida, os “segredos” são:

a) desfrutar do sol, pelo menos 15 minutos por dia pela manhã;

b) dormir bem: para dar ao corpo a chance de se recompor totalmente;

c) ter um dia só para você;

d) apagar o cigarro e controlar a álcool;

e) desacelerar o ritmo, evitar a fadiga do organismo.

 

Curiosamente, as cinco regiões onde as pessoas vivem mais e melhor são áreas litorâneas. Ou seja, essas pessoas têm normalmente hábitos mais saudáveis: consumo de peixes; permanência ao ar livre; exposição ao sol (de preferência logo pela manhã); contato mais frequente com a natureza e melhor qualidade do ar.

No caso das populações pesquisadas que vivem no Mediterrâneo, destacamos também o hábito de consumir azeite de oliva e vinho, claro que de forma moderada.

E lembramos a todos que a prática regular das técnicas do Yoga, principalmente a Meditação é uma das melhores receitas para a saúde e o bem-estar em qualquer idade.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »