A Mãe e as Qualidades da Alma

set 3 • Roberto Figueiredo, Slide principal • 624 Views • Nenhum comentário em A Mãe e as Qualidades da Alma

Como vimos na seção dedicada aos Mestres, Mira Alfassa, conhecida como A Mãe, foi uma personalidade muito importante para o Yoga e para a Índia. Juntamente com Sri Aurobindo ajudou a formular os princípios do Yoga Integral.

Ela escreveu pouco. Mas o que escreveu foi de grande relevância. Seu tema principal era a Educação, principalmente a Educação Integral.

Abaixo ela nos fala sobre as principais Qualidades da Alma:

Gratidão: É ela que abre todas as portas fechadas e permite que a Graça que salva penetre profundamente. A nobreza de um ser é medida por sua capacidade de Gratidão. Para seu coração permanecer feliz, mantenha-o cheio de Gratidão. Gratidão é o caminho mais seguro para o Divino.

Humildade: Qualquer que seja seu valor pessoal ou mesmo sua realização individual, a primeira qualidade requerida no Yoga é a Humildade. A verdadeira Humildade consiste em saber que somente a Consciência Suprema, a Vontade Suprema existe e que o eu não é.

Sinceridade: É a chave para as portas divinas. Seja inteiramente sincero, nunca tente enganar os outros. E nunca tente enganar a si próprio.

Generosidade: É dar e dar-se sem barganha. É dar pela alegria de dar-se. Tudo na Natureza é espontaneamente generoso.

Paz: Na Paz e no Silêncio o Eterno se manifesta. Não deixe que nada o perturbe e o Eterno se manifestará. Se você chamar de dentro pela Paz, ela virá. A vasta Paz e a Calma estão aí, basta que você se abra e as receba.

Progresso: No Progresso se encontra a verdadeira alegria. O Progresso é a razão pela qual estamos na Terra.

Receptividade: Para receber a pessoa precisa abrir-se, e só nos abrimos se nos damos. Dê-se sem reservas e sem esperar nada em troca e você se tornará capaz de receber. Ser receptivo é sentir urgência de dar ao Trabalho Divino tudo o que se tem, tudo o que se é, tudo o que se faz. Por meio do relaxamento mental, vital e físico você pode ampliar sua Consciência e torna-la vasta como o universo. Quando faz isto você se torna verdadeiramente receptivo.

Aspiração: Devemos sempre aspirar por ser livres de toda ignorância e ter uma Fé verdadeira.  No Silêncio do coração queima a forte chama da Aspiração. Uma Aspiração constante conquista todos os defeitos.

Coragem: É um sinal de nobreza da alma. Mas a Coragem precisa ser calma e mestra de si, generosa e benevolente. A mais nobre Coragem: reconhecer os próprios erros.

Perseverança: Perseverança é Paciência em ação. Ela rompe todos os obstáculos.

Equanimidade: Paz e Calma imutáveis. Quanto mais a pessoa for quieta diante de todas as ocorrências, equânime em todas as circunstâncias, e mantiver uma perfeita maestria de si mesma e permanecer pacífica diante de não importa o que acontecer, mais ela progredirá em direção à meta.

Bondade: Você precisa ser bom por amor à Bondade, ser justo por amor à Justiça, ser puro por amor à Pureza. Assim você certamente avançará no caminho.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »